Como Dar Uma Boa Foda e Fazer a Sua Parceira Atingir o Orgasmo.

Um dia destes, ao conversar com um grupo de amigos, cheguei a conclusão que não sou a única a achar que existe por aí muita mulher, que não sabe o que é uma boa foda! O problema é que os namorados ou maridos, dessas mulheres, são umas antas que só se preocupam com o seu próprio prazer.

O orgasmo é o auge de prazer de uma relação sexual, mas atingi-lo pode não ser assim tão simples. Algumas mulheres têm um ou mais orgasmos em todas as relações, enquanto outras têm mais dificuldade em atingi-lo.

Conhecer o próprio corpo é o primeiro passo para descobrir as zonas erógenas. Elas são a chave para atingir os melhores orgasmos. A masturbação é fundamental nesse processo de descoberta. Mas é claro que numa relação sexual o parceiro tem um papel fundamental nesse processo.

Ao contrário do que muitos marmanjos pensam, sexo não é igual à punheta. A coisa é um pouco diferente, começando pelas preliminares, que são de fundamental importância para que a coisa seja agradável para ambos.

É preciso conquistar a confiança da sua parceira para que ela se sinta relaxada e, além disso, é preciso criar um clima favorável e fazer tudo com muita calma, respeitando o tempo dela. Por isso, nem pense em ir direto ao ponto. Ao contrário do que os filmes pornôs ensinam, o clitóris não é um botão que você aperta e ela goza. Todas as zonas erógenas precisam ser muito bem estimuladas para ela chegar ao clímax.

Normalmente, a mulher demora um pouco mais para se excitar, por isso, vamos com calma nas preliminares. Explore o corpo da sua parceira, faça com que ela sinta cada um dos seus toques e, principalmente, que perceba que pode contar consigo para a satisfazer. Excite a sua parceira de todas as formas possíveis, com carícias e palavras provocantes. Beijos ardentes, carícias por cima da roupa, beijos no pescoço, próximo aos seios. As mulheres gostam de situações erotizadas.

Já está lubrificada, posso meter fundo agora?

Não, meu caro animal de tração. O sexo deve continuar de acordo com o ritmo que os dois impuseram até o momento. Se for a hora de acelerar a fundo e partir para um sexo selvagem, deixe que a sua parceira lhe dê sinais de que já pode ir mais adiante. Se tentar avançar antes, tenha a absoluta certeza de que a sua parceira realmente já está excitada o bastante, para desejar um sexo selvagem. Se acontecer, ótimo, senão, nem invente de pedir desculpas. Caia de boca e deixe-a feliz.

Sexo Oral

Durante o sexo oral, é preciso estimular bastante o clitóris, mas apenas no momento certo. Comece pelos grandes e pequenos lábios, introduza o dedo na vagina e tire. Passe a língua pelo clitóris. Deixe a sua parceira cheia de tesão e só então avance para movimentos mais firmes e ritmados. Preste atenção na reação dela. Isso é fundamental para perceber a hora certa para avançar.

Formas de Penetração

Algumas posições sexuais podem favorecer o prazer da sua parceira. Quando ela fica por cima consegue friccionar o clitóris contra o seu púbis, além de controlar a velocidade e profundidade da penetração. Muitas mulheres só conseguem chegar ao orgasmo assim. Já a posição de quatro facilita a estimulação do ponto G, enquanto o deixa com as mãos livres para tocar a vulva da sua parceira.

Estou quase a vir-me, mas ela não se vem?

Orgasmo e boa foda

Acalme-se. Não é necessário enfiar o pau na sua parceira como se ela tivesse o último buraco do mundo. Pare de ser afoito, menino, curta a foda, sinta cada movimento externo e interno da sua parceira. Se você foi tótó o bastante para se vir antes da sua parceira, saiba que perdeu a oportonidade de dar uma boa foda, porque não existe melhor forma de terminar uma boa foda, que é vir-se em simultâneo com a sua parceira. Mas, vamos à luta, se você já se veio e a sua parceira ainda não, deixe-se de frescuras e caia de boca mais uma vez, chupe-a, lamba-a até ela revirar os olhos! Utilize a língua, os dedos, os lábios, o que for necessário, mas, já sabe que se morder o grelo com força, vai estragar a festa, por isso seja cauteloso, mas nunca, em hipótese alguma, deixe a sua parceira à ver navios. Mostre-lhe que você se importa com ela.

Ufa, que trabalheira para dar uma boa foda e satisfazer a parceira!

Boa Foda

Pois é, meu amigo, Uma mulher feliz vai querer agradar-lhe e, se você pedir com jeitinho, ela até engole! Dê mais atenção à sua companheira, não deixe que ela tenha uma foda infeliz e, mais importante ainda, não faça com que ela apanhe horror à sexo. Faça com que ela se sinta a mulher mais feliz do mundo. Isso não depende nem do tamanho do seu pau, depende exclusivamente da sua imaginação e forma de a tratar.

E vocês? Também acham que existe muita mulher mal comida e que não sabe o que é uma boa foda?

Sem comentários

Deixe o seu comentário